Desculpe, o seu navegador não suporta JavaScript!

Perguntas Frequentes


20 de Julho de 2018 às 11:18

Como a UFOPA organiza sua política de assistência estudantil?

A Política de Assistência Estudantil da UFOPA é regulamentada pela Resolução CONSEPE N° 210, 22 de agosto de 2017. Os recursos públicos envolvidos na implementação desse programa nacional exigem, tanto da UFOPA como órgão gestor, quanto do estudante como beneficiário, a submissão aos princípios constitucionais da administração pública, que são: Legalidade, Impessoalidade, Moralidade, Publicidade e Eficiência. Na UFOPA, são publicados editais que regulam o processo de inscrição e seleção dos programas e auxílios. A primeira condição para o estudante ter acesso aos programas e auxílios da UFOPA é a realização por parte do estudante do seu cadastro socioeconômico no módulo SIG-Assistência ao Estudante, onde prestará uma série de informações, as quais estarão sujeitas a verificação e, comprovada a não veracidade das mesmas, a qualquer tempo, o estudante poderá perder o direito aos benefícios, além de estar sujeito às penalidades previstas, conforme Regime Disciplinar do Corpo Discente, disposto na Resolução Consun n°55 de 22 de Julho de 2014, no qual estabelece o Regimento Geral da UFOPA.

 

Qual a importância da PROGES?

A Pró-Reitoria de Gestão Estudantil (PROGES) existe para desenvolver ações institucionais direcionadas a incentivar, apoiar, orientar e acompanhar, de forma articulada, o estudante, em suas múltiplas demandas, no decorrer de sua trajetória Estudantil, através de ações afirmativas de permanência nas áreas social, psicológica, pedagógica, de saúde, de esporte e de lazer, em vista do bom desempenho acadêmico.

 

Quem pode ter acesso às ações e aos serviços da assistência estudantil da UFOPA em seus diversos campi?

Qualquer estudante ativo e regularmente matriculado nos cursos presenciais nos campi sede e extra sede da Universidade.

 

Como participar dos ações/programas da PROGES?

O acesso aos auxílios ocorre por meio de processos seletivos, cujas regras são estabelecidas por meio de editais específicos, os quais são publicados no site institucional da Ufopa, página da Proges (www.ufopa.edu.br/proges) . As informações e orientações quanto ao acesso aos outros programas e ações/serviços também podem ser obtidas pessoalmente com a equipe da Proges ou pelo site institucional da Pró-Reitoria.

 

Como faço para consultar o pagamento do meu auxílio?

Você pode consultar pagamentos realizados para seu CPF a partir do Portal da Transparência do Governo Federal. Siga os seguintes passos:

1. Acesse a página http://www.portaltransparencia.gov.br/

2. na página, utilize a pesquisa pelo Nome completo ou CPF.

2.1 Localize o registro da busca "Pessoa Física: ... ". Clique.

2.2 A próxima tela informa o resumo de pagamentos da Pessoa Física. Clique em "Detalhar".

2.3 Ordene os registros da tabela por data. clique em "Data" no cabeçalho.

2.4 Acesse a Ordem Bancária (OB) em que o CPF constou.

2.5 Acesse a lista de recebedores da OB. Clique em "[+] Dados do favorecido" para visualizar a lista de recebedores do pagamento.

2.6 Localize o nome de interesse entre os recebedores. É possível ordenar em ordem alfabética clicando em "Favorecido" no cabeçalho da tabela.

 

Quais ações/atividades são promovidas pela assistência pedagógica?

Ações voltadas ao esclarecimento e orientação de questões relativas ao progresso e percurso acadêmico, plano de estudos, oficinas pedagógicas, mapas mentais, assim como suporte pedagógico às coordenações acadêmicas dos cursos de graduação. Elas ocorrem por demanda espontânea, encaminhamento de professores/coordenadores, convocação de estudantes pertencentes ao programa de Auxílio Estudantil e tem como finalidade diagnosticar dificuldades de aprendizagem do estudante e trabalhar com as intervenções necessárias; planejar, coordenar e avaliar ações pedagógicas de forma articulada; orientar organização de Estudos; realizar atividades de integração de novos estudantes, contribuindo para a sua adaptação e participação no contexto universitário; implementar projetos para melhoria do ensino e da formação acadêmica; promover Ciclo de Conferências com ênfase no mercado de trabalho para estudantes concluintes.

 

Quais ações/atividades são promovidas pela assistência psicológica?

Ocorrem por meio de práticas individuais e coletivas, na perspectiva de promover a saúde mental, contribuindo para otimização da qualidade de vida, além de propiciar, no âmbito acadêmico, a reflexão sobre os diversos aspectos que compõem o conceito mais amplo de saúde;

Projeto Círculo Acolhedor: rodas de conversa com os estudantes, como forma de possibilitar o diálogo, a reflexão, o debate de temáticas pertinentes ao grupo, bem como a escuta respeitosa e acolhedora de cada integrante, garantindo a participação democrática de todos e valorizando o saber produzido pela vivência de cada um;

Projeto de extensão “Meditação & Qualidade de Vida”: idealizado e coordenado pelo Prof. Carlos Machado, viabilizado por PROCCE, ICED e PROGES, tem como objetivo a prática de meditação como meio para superar dificuldades no âmbito psicossocial, favorecendo aos participantes mais qualidade na convivência social e melhor percepção de si próprio.

 

Quais ações/atividades são promovidas pelo serviço social?

A assistência aos discentes que estão em risco social inclui acolhimento, orientações, entrevistas, visitas domiciliares e encaminhamento dos discentes para atendimento de demandas específicas, no âmbito da universidade ou na rede socioassistencial pública. Essas demandas poderão ser encaminhadas pela comunidade universitária da UFOPA ou advirem de procura espontânea. Além disso, ações de caráter continuado são realizadas, como processos de triagem, avaliação socioeconômica, seleção de acadêmicos para recebimento de auxílios estudantis e processos de renovação de auxílios estudantis e verificação de denúncias. Os critérios de seleção e renovação são previstos em editais específicos. O processo de análise de seleção pode, dependendo da especificidade do candidato, além da análise documental, compreender as etapas de entrevista e/ou visita domiciliar. O processo de emissão de parecer acerca de denúncias, inclui entrevistas e realização de visitas domiciliares aos estudantes e aos grupos familiares.

 

Qual a diferença entre o atendimento psicológico do estudante da UFOPA e a psicoterapia?

O atendimento psicológico dos estudantes da UFOPA ocorre na modalidade de orientação e acolhimento, caracterizam-se por atendimentos breves e pontuais que, particularmente, pretendem auxiliar os estudantes no enfrentamento das adversidades emocionais que afetam a vida acadêmica e pessoal, na perspectiva de contribuir para a melhoria da qualidade de vida do estudante no contexto acadêmico. Já a psicoterapia é um processo de compreensão, análise e intervenção que é efetivado através da aplicação sistematizada e controlada de métodos e técnicas psicológicas reconhecidos pela ciência, pela prática e pela ética profissional, promovendo a saúde mental e propiciando condições para o enfrentamento de conflitos e/ou transtornos psíquicos de indivíduos ou grupos (Resolução Conselho Federal de Psicologia nº10/2000). Neste sentido, o atendimento psicológico ao estudante não corresponde a psicoterapia, entretanto, a partir da orientação psicológica, pode haver a indicação de psicoterapia e, assim, o estudante será encaminhado para a rede local de atendimento psicossocial.

Posso fazer psicoterapia com o serviço de Psicologia da PROGES?

A psicoterapia é um processo de compreensão, análise e intervenção que é efetivado através da aplicação sistematizada e controlada de métodos e técnicas psicológicas reconhecidos pela ciência, pela prática e pela ética profissional, promovendo a saúde mental e propiciando condições para o enfrentamento de conflitos e/ou transtornos psíquicos de indivíduos ou grupos (Resolução Conselho Federal de Psicologia nº10/2000). Neste sentido, o atendimento psicológico ao estudante não corresponde a psicoterapia, entretanto, a partir da orientação psicológica, pode haver a indicação de psicoterapia e, assim, o estudante será encaminhado para a rede local de atendimento psicossocial.

 

Quando devo procurar o Atendimento Psicológico ao Estudante?

É importante procurar o serviço de psicologia quando você perceber a interferência de sintomas emocionais e/ou sentimentos que bloqueiam ou atrapalham consideravelmente seu cotidiano. Alguns destes sintomas envolvem:

  • Distração excessiva a ponto de perder aulas, não encontrar objetos, perder compromissos, etc;

  • Sentimentos depressivos e de tristezas constantes e intensos;

  • Sintomas intensos de ansiedade que limitam suas atividades do dia a dia;

  • Necessidade de desenvolver habilidades sociais como falar em público, iniciar amizades;

  • Alterações de humor muito fortes ao longo de pouco tempo e sem motivo aparentes;

  • Dificuldades em lidar com separação entre as pessoas, relacionamentos;

  • Dificuldade em tomar decisões e atitudes;

  • Necessidade em repetir atos sem sentido, como verificar portas muitas e muitas vezes, lavar as mãos, etc;

  • Medos e fobias, como o medo de dirigir, sair em espaços públicos, andar de avião, animais, pessoas, etc;

  • Superar a timidez, o ciúme em excesso, etc;

  • Situações de assédio moral, sexual, racismo, injúria racial, entre outros;

  • Dificuldade em lidar com pessoas difíceis como chefes, pais, irmãos, colegas de trabalho ou escola, etc;

  • Pensamentos repetitivos e angustiantes que afetam o raciocínio natural;

  • Pensamentos e ideias de morte.

 

Como faço para solicitar atendimento psicológico individual?

É só acessar o site da UFOPA e preencher o formulário on-line de inscrição disponibilizado no site da Proges na aba do serviço de Psicologia: http://www.ufopa.edu.br/proges/servicos-4/servico-de-psicologia-1/atendimento-psicologico-individualizado/. Basta que você preencha uma vez o formulário e suas informações serão encaminhadas para o banco de dados do serviço que entrará em contato por e-mail informando data e hora de seu atendimento inicial.

 

Quando tempo leva para que eu seja informado de meu atendimento inicial?

Devido grande procura pelo serviço existe uma fila de espera e os estudantes são chamados por ordem de solicitação. Dessa forma, você será chamado em duas a três semanas aproximadamente.

 

Como faço para participar das rodas de conversa com as psicólogas da Proges?

É só acessar o site da UFOPA e preencher o formulário on-line de inscrição do círculo acolhedor disponibilizado no site da Proges na aba do serviço de Psicologia: http://www.ufopa.edu.br/proges/servicos-4/servico-de-psicologia-1/rodas-de-conversa-projeto-circulo-acolhedor/. Basta que você preencha o formulário e indique a data e local que você irá participar das rodas de conversa.

 

Sou professor e gostaria de solicitar uma intervenção do serviço de Psicologia em uma turma, como faço?

Basta que você ou a coordenação do curso faça a solicitação formal para o gabinete da PROGES.

 

Quais são as etapas a serem seguidas para que o estudante tenha acesso aos auxílios e como o estudante poderá acessar os programas e auxílios?

As etapas são as seguintes:

Leitura atenta do Edital de Seleção dos repasses de auxílios estudantis, disponível no site institucional da UFOPA e demais meios de comunicação institucional;

Agendamento com o Serviço pedagógico: via requerimento presencial ou pelo email pegagogia.proges@gmail.com

Agendamento com o Serviço psicológico: via requerimento presencial ou pelo email psicologia.proges@gmail.com

Agendamento com o Serviço social: via requerimento presencial ou pelo email servicosocial.proges@gmail.com.

 

Qual a função da Coordenação de Esporte e Lazer (CEL)?

A CEL tem a responsabilidade de implementar e desenvolver ações afirmativas, com a comunidade universitária, de apoio no âmbito da saúde, desporto e lazer.

 

Quais ações/atividades são promovidas pela CEL?

Dentro do Programa UFOPA EM MOVIMENTO, são contempladas as seguintes atividades:

• Projeto ‘O Palco Meu’

• Jogos Internos da UFOPA - JIUFOPA

• Participação nos Jogos Universitários Paraenses – JUP’s

• Participação nos Jogos Universitários Brasileiros – JUB’s

• Participação nos Jogos Universitários de Santarém – JUS

• Oficinas: Natação, Rapel, Canoagem, Jiu-Jitsu, Ioiô e Dança

 

Quais as competências da Diretoria de Ações Afirmativas (DAA)?

  • Desenvolver ações que visam a promoção do acesso e a permanência com qualidade na universidade dos grupos historicamente excluídos, tanto nos cursos de graduação e pós-graduação quanto no quadro de servidores;

  • Incentivar a produção e disseminação de informações sobre os povos indígenas, comunidades quilombolas e demais povos e comunidades tradicionais que vivem na Amazônia;

  • Instituir processos permanentes de formação com discentes, docentes, técnico-administrativos e prestadores de serviço na temática da educação para as relações étnico-raciais e do direito das minorias;

  • Estabelecer mecanismos de participação da comunidade acadêmica, especialmente dos grupos beneficiários das ações afirmativas, em todos os processos de elaboração, implementação e monitoramento das ações afirmativas e de promoção da igualdade étnico-racial;

  • Propiciar o acesso e a permanência qualificada das pessoas com deficiências, por meio da redução de barreiras arquitetônicas, comunicacionais, informacionais, atitudinais e curriculares;

  • Planejar as Ações Afirmativas na Universidade;

  • Acompanhar e monitorar as Ações Afirmativas;

  • Ampliar e fortalecer os grupos de pesquisa, estudo e extensão sobre as temáticas de Ações Afirmativas.

 

Quais objetivos da Coordenação de Cidadania e Igualdade Étnico-Racial?

  • Garantir as condições de permanência e acompanhamento dos discentes na educação superior pública federal de acordo com as especificidades culturais e sociais dos grupos beneficiários das ações afirmativas;

  • Combater o racismo e todas as formas de preconceito e discriminação na universidade;

  • Articular programas e ações em todos os setores da universidade com vistas à promoção da igualdade de oportunidades, garantia do direito das minorias, equidade de gênero e promoção da igualdade étnico-racial bem como disponibilizar instrumentos para sua exigibilidade;

  • Acompanhar a inserção sócio profissional dos alunos egressos da Ufopa.

  • Disponibilizar dados referentes aos estudantes beneficiários da política de ações afirmativas para as Unidades Acadêmicas, a fim de permitir o acompanhamento e a qualificação dessa política no âmbito das Unidades e cursos da Ufopa.

 

Onde devo procurar informações?

Local: Auditório Pérola do Tapajós, Anexo da Unidade Amazônia, campus sede Santarém, Salas 02. 

Telefones: Gabinete da PROGES: 2101-6530

DAA: 2101-7619

DAE: 2101-7619